seta para a esquerda seta para a direita seta para a direita seta para baixo
notícia

COVID-19 – Câmara aprova a prorrogação de prazo para realização de assembleias ordinárias

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (25/6), em sessão deliberativa, o texto da Medida Provisória 931/20, que autoriza as sociedades anônimas e sociedades limitadas, bem como as sociedades cooperativas e entidades de representação do cooperativismo, excepcionalmente, a realização das assembleias gerais ordinárias e assembleias de sócios no prazo de 07 (sete) meses, contado do término do seu exercício social. A matéria segue agora para o Senado.

O intuito da MP é evitar aglomeração de pessoas em decorrência da realização de assembleias, durante o período da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Dentre várias disposições, a medida estabelece que os prazos de gestão ou de atuação dos administradores, dos membros do conselho fiscal e de comitês estatutários ficarão prorrogados até a realização da assembleia geral ordinária, ou até que ocorra a reunião do conselho de administração, conforme o caso.

Além disso, a MP 931/20 autoriza a participação e voto a distância em reunião ou assembleia a sócios, cooperados e acionistas.

No caso das sociedades anônimas, a MP estabeleceu, dentre várias disposições, que competirá à CVM definir a data de apresentação das demonstrações financeiras e que, ressalvada a hipótese de previsão diversa no estatuto social, caberá ao conselho de administração deliberar, para ser referendado, assuntos urgentes de competência da assembleia geral.

Sendo assim, enquanto durarem as medidas restritivas ao funcionamento normal das Juntas Comerciais decorrentes exclusivamente da pandemia da Covid-19, a MP n.º 931 determina que:

  1. para os atos sujeitos a arquivamento assinados a partir de 16 de fevereiro de 2020, o prazo de 30 (trinta) dias a que se refere o artigo n.º 36 da Lei nº 8.934/94 será contado da data em que a junta comercial respectiva restabelecer a prestação regular dos seus serviços; e
  2. a exigência de arquivamento prévio de ato para a realização de emissões de valores mobiliários e para outros negócios jurídicos fica suspensa a partir de 1º de março de 2020 e o arquivamento deverá ser feito na junta comercial respectiva no prazo de 30 (trinta) dias, contado da data em que a junta comercial restabelecer a prestação regular dos seus serviços.

A JCM está à disposição para maiores esclarecimentos sobre a Medida Provisória n.º 931 e permanece atenta quanto a matéria, buscando manter nossos clientes sempre atualizados. Entre em contato através do e-mail: societario@jcm.adv.br.

Belo Horizonte

Av. Afonso Pena, 2.951
Funcionários como chegar

+55 31 2128 3585

bh@jcm.adv.br

Brasília

SAS, Quadra 1, Bloco M
Ed. Libertas Brasilis,
Salas 911/912 como chegar

+55 61 3322 8088

bsb@jcm.adv.br

Jaraguá do Sul

Av. Getúlio Vargas, 827
2º andar como chegar

+55 47 3276 1010

sc@jcm.adv.br

Rio de Janeiro

Av. Erasmo Braga, 277
13º andar como chegar

+55 21 2526 7007

rj@jcm.adv.br

São Paulo

Av. Paulista, 807
conj. 1822 como chegar

+55 11 3286 0532

sp@jcm.adv.br

Vitória

Rua Neves Armond, 210
7º andar como chegar

+55 27 3315 5354

es@jcm.adv.br